Notícias

Asper
Voltar 12 de Julho de 2017

4 programas para fazer com as crianças nas férias


Férias escolares: eis um dos períodos mais aguardados pela criançada. Nada de despertador, professor ou provas! Nestes dias o que eles mais querem é se divertir. E acredite, mesmo sem colocar o pé na estrada estas férias escolares podem ser um sucesso.

A seguir, veja algumas sugestões criativas de programas que vão turbinar a folga da criançada com muita diversão. Confira:

Observação noturna
As noites de inverno costumam render ótimas oportunidades de observação do céu. Mesmo em São Paulo, onde as luzes costumam “ofuscar” as luzes das estrelas, é possível identificar alguns planetas a olho nu, como Júpiter e Vênus, além de importantes constelações, como as de Órion e Touro. Para deixar tudo mais divertido, aposte em um binóculo, para ajudar a criançada na observação, e também cobertores e chocolate quente para proteger os pequenos do frio.

Piquenique
Que tal um lanche da tarde diferenciado? Aproveite um dia de sol para curtir fora de casa. A diversão começa já na preparação, com as crianças ajudando na escolha das comidinhas e dos apetrechos de piquenique. Pães, frutas, biscoitos e sucos de caixinha são ótimas escolhas para a ocasião. Vale também apostar em uma bola de futebol ou vôlei, ou um frisbee para que os pequenos gastem energia entre uma mordida e outra.

Cinema
O mês de julho costuma reunir diversos lançamentos de filmes dedicados ao público infantil. Já está em cartaz O Meu Malvado Favorito 3 e Homem Aranha: De Volta ao Lar. Em breve você também poderá levar a criançada para curtir Carros 3 e Transformes: o último cavaleiro – filmes que, em breve, estarão nos canais de filme da SKY.

Hortinha
Para ressaltar a importância das plantinhas para a manutenção do meio-ambiente, plante na companhia do seu pequeno! Você pode convidá-lo a fazer uma hortinha de temperos ou organizar arranjos de suculentas em xícaras ou canecas – a vantagem deste tipo de planta é que elas são superfáceis de cuidar, além de serem lindas! As crianças vão amar todo o processo.

Fonte: Revista Quem


Hospital Carlos Chagas
Escritórios Regionais