Notícias

Asper
Voltar 07 de Dezembro de 2016

Dicas para cuidar do bem-estar físico e mental no final do ano

Essa época de fim de ano é muito boa para comemorar com amigos e familiares, porém, é importante relaxar e festejar moderadamente.

Quando datas como ano novo, natal e verão estão ficando mais próximas do calendário o sofrimento com a balança já começa para muitos. A preocupação com o corpo é grande e a vontade de ter a tão sonhada barriga chapada que vive estampada nas capas de revistas por lindas modelos ou o corpo perfeito e escultural de homens nas propagandas e comerciais. O problema é maior ainda para o brasileiro, que de acordo com dados do Ministério da Saúde, tem 50,8% da sua população acima do peso.
Essa época de fim de ano é muito boa para comemorar com amigos e familiares, porém, é importante relaxar e festejar moderadamente. De acordo com Marianna Mendes Messias (foto), nutricionista do Levitas, centro de saúde e bem-estar, é possível ficar em dia com a saúde do corpo seguindo cinco simples dicas, tais como atentar-se a hidratação do corpo, movimentar-se e fugir das dietas malucas. Confira com mais detalhes abaixo.

Dietas e suas promessas milagrosas

Usualmente existem ‘dietas da moda’, principalmente no fim do ano. Estas são as mais perigosas, pois prometem um resultado rápido e em curto tempo para quem quer correr atrás do prejuízo do ano inteiro ficar com o corpo em dia para usar biquíni. A nutricionista explica melhor “Meu conselho ficar atento a essas dietas da moda, com restrições severas de calorias ou de carboidratos, que devem ser evitadas, pois são desequilibradas nutricionalmente, favorecem a perda de tecido corporal bom (massa muscular), geram fraqueza e irritabilidade e são difíceis de serem mantidas a longo prazo, levando ao famoso “efeito sanfona” com sentimento de culpa e frustação.” Por isso é importante seguir a próxima dica.

Cuidado com a alimentação

Fracionar a alimentação e evitar o jejum prolongado é essencial. Além das três refeições, como café da manhã, almoço e janta, também é bom intercalar com pequenos lanches para manter o metabolismo ativo e controlar o apetite para a próxima rodada de refeição. Confira abaixo, exemplos de lanchinhos que Mendes sugere para o verão:

– Picolé de fruta natural com água (melancia, maracujá, lichia, etc)
– Água de coco
– Suco natural diluído em água
– Vitamina de frutas
– Creme de fruta gelado
– Iogurte grego light
– Mix de sementes sem sal
– Barrinhas de frutas e sementes

Frituras e gorduras no Happy Hour

Para a profissional do Levitas, além de fugir das dietas ‘malucas’, outra forma de cuidar da alimentação é evitar as os aperitivos gordurosos e as frituras que acabamos consumindo na hora daquele happy hour com os amigos. “É importante usar a criatividade para montar uma mesa saudável. Castanhas, frutas secas e queijos menos gordurosos são aperitivos que não fazem mal para a saúde” afirma Mendes.

Cuidado com o sol e não se esqueça de beber líquidos

Na hora da bagunça muitos ingerem uma grande quantidade de bebida álcoolica, que pode fazer mal nos dias seguintes, gerando a temida ressaca, que é fruto de falta de água no organismo. Para Mariana, no calor intenso, é preciso ficar ainda mais atentos à ingestão de líquidos para manter o corpo bem hidratado. Por isso, não deixe de ingerir água, água aromatizada com frutas e ervas, água de coco, chá natural gelado e sucos naturais diluídos em água.

Movimente-se!

Não adianta apenas seguir os passos acima se não tiver a oportunidade de movimentar um pouco o corpo. A especialista dá a dica: Pratique um exercício físico que goste, não importa qual seja. Caminhe na praia, jogue fresco ball, dance muito ou nade. O importante é não ficar parado.


Hospital Carlos Chagas
Escritórios Regionais